Laboratório de Inovação em Atenção Primária na Saúde Suplementar

08/12/2017 | 08:05

 

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgaram o resultado final da análise das experiências inscritas no Laboratório de Inovação em Atenção Primária na Saúde Suplementar Brasileira, considerando os recursos recebidos após a divulgação do resultado preliminar no dia 14 de novembro. 
A Comissão de Avaliação do Laboratório de Inovação, composta por representantes da Opas, da ANS e por pesquisadores, decidiu selecionar todas as experiências que priorizam o cuidado centrado no paciente com mudança do modelo assistencial. 
Desta forma, atendendo aos critérios definidos no edital, a Comissão de Avaliação selecionou 12 práticas consideradas inovadoras na organização de seus serviços, a partir da atenção primária, e que apresentam indicadores e resultados. Além de receber o certificado de reconhecimento, estas experiências serão analisadas e sistematizadas pelo Laboratório de Inovação e publicadas na Série Técnica Navegador SUS. 
A Comissão de Avaliação também identificou atributos da atenção primária na saúde suplementar em outros seis relatos. Porém, como se tratam de experiências recentes, ainda não apresentam resultados robustos. Estas experiências serão acompanhadas pelo Laboratório de Inovação durante o ano de 2018. Outras 13 experiências foram consideradas pela Comissão como de organização da atenção à saúde de forma centrada nas pessoas, de acordo com ciclos de vida ou gestão de condições crônicas. Contudo, não foram consideradas experiências de atenção primária na saúde suplementar. 

Fonte: Moitor Mercantil