Notícia 01/09/2017

Atividade na indústria de SP cresce apenas 0,4% em julho

O nível de atividade da indústria paulista avançou 1% em julho na comparação com o mês anterior, contabilizado o ajuste sazonal. Sem o ajuste a elevação, o resultado é de 3,2% em julho ante junho e na comparação com julho do ano passado é de 0,4%. 
No acumulado do ano foi registrada queda de 3,1%, segundo o Indicador de Nível de Atividade (INA) divulgado nesta quinta-feira pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). 
De acordo com a entidade, o avanço foi influenciado pelas vendas reais, que subiram 4,3%, seguidas por número de horas trabalhadas na produção (0,7%) e o nível de Utilização da Capacidade Instalada (NUCI), com avanço de 0,6 ponto percentual, na série com ajuste. 
Segundo o diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon) da Fiesp, Paulo Francini, o consumo é um dos principais fatores a colaborar para o resultado. “Para isso, temos uma inflação em queda, o efeito da liberação dos recursos de contas inativas do FGTS, os juros menores, a demanda externa aquecida, que influencia as exportações. Esse conjunto de fatores sinaliza, apesar de pequena e lenta, recuperação da atividade industrial”, disse.

Fonte: (Monitor MErcantil)

Total de visita(s): 62